Genética e Biologia Molecular

Experiência no Exterior

Internacionalização do PPGGBM

O PPGGBM possui varias colaborações, conveniadas ou não, com instituições de pesquisa no exterior, assim fortalecendo a sua politica de internacionalização. Estas colaborações funcionam na forma de troca de informações e material, de aprendizagem de novas tecnicas, e principalmente de intercambio de discentes e docentes do PPGGBM. O PPGGBM tambem aprova regularmente projetos com parceiros do exterior e aprovou recentemente dois doutorados sanduiche pela CAPES.

1. Convenios internacionais:

1.1. Centre de Coopération Internationale en Recherche Agronomique pour le Développement (Cirad), França. A UESC e o Cirad assinaram um convenio de cooperação em 2002 (convenio de cooperação cientifica n° 025/2002/UESC) relacionado com a tematica “Estudo da interação cacau-Moniliophthora perniciosa” no qual uma pesquisadora do CIRAD (Dra Fabienne Micheli) é cedida a UESC em tempo integral. Este convenio foi ampliado em 2004 à tematica “Estudo da interação seringueira-Microcyclus ulei” com a cessão do Dr. Dominique Garcia (CIRAD) a UESC (até 2010). Essas duas colaborações obtiveram excelentes resultados a nivel cientifico, em termo de valorização destes na forma de publicações cientificas e participações em congressos, mas também em termo de orientação de estudantes de Mestrado e Doutorado (os Dr Fabienne Micheli e Dominique Garcia são membros do núcleo permanente e colaborador, respectivamente, do PPGGM). É importante ressaltar que o convenio UESC-Cirad tambem permitiu a aproximação e finalemente assinatura de um convenio de cooperação entre a Ceplac e o Cirad, em 2004, em relação com a tematica “Genética molecular da interação cacau-M. perniciosa”. O convenio Ceplac-Cirad conta com um pesquisador do Cirad, Dr. Didier Clement (Colaborador do PPGGBM) lotado na Ceplac desde 2004.

Foram beneficiados por estagios de curta/media duração no Cirad os seguintes discentes e docentes:
- Dra Karina Gramacho (Ceplac) – 2003 – 2 meses – Preparação do Convenio Cirad-Ceplac.
- Dr. Abelmon da Silva Gesteira (UESC) – 2004 – 2 meses – Desenvolvimento de macroarranjos e screening de bibliotecas BAC de cacau.
- Prof. Julio Cézar de Mattos Cascardo (UESC) – 2004 – 2 meses – Participação ao projeto Genoscope coordenado pela Prof. Claire Lanaud (Cirad).
- Dra Karina Gramacho (Ceplac) – 2004 – 2 meses – Participação ao projeto Genoscope coordenado pela Prof. Claire Lanaud (Cirad).
- Ms. Geruza Ceita (Ceplac) – 2004 – 2 meses – Iniciação a tecnica de hibridação in situ em cacau.
- Dra Cristina Pungartnik (UESC) – 2009 – 2 meses – iniciação a tecnica de microscopia em tempo real aplicada a fungos.
- Ms. Rogerio Mercês Ferreira dos Santos (PPGGBM) – 2009 – 8 meses – Genética molecular e seleção assistida por marcadores em cacau.
- Ms. Kaleandra Freitas Sena (PPGGBM) – 2010 – 2 meses – Hibridação in situ de genes de cacau.
- Ms Kaleandra Freitas Sena (PPGGBM) – 2011 (previsto) – 3 meses – Histologia molecular de cacau.
- Ms. Daniela Martin Koops (PPGGBM) – 2011 (previsto) – 3 meses – Biologia molecular da interação seringueira-Microcyclus ulei.

Depoimento:
Durante 8 meses (março a novembro de 2009) atuei num projeto em parceria CIRAD/CEPLAC/UESC que permitiu desenvolver atividades referentes ao meu projeto de doutorado e temas relacionados. Uma parte do meu trabalho foi a utilização de técnicas genômicas no estudo da expressão gênica, além de trabalhar com diferentes técnicas de genotipagem visando seleção assistida por marcadores moleculares. O CIRAD é um centro de pesquisa de reconhecida excelência, situado em Montpellier, sul da França. (...)  Esse estágio na França me permitiu ampliar minha visão de mundo e os ganhos tanto profissionais, quanto pessoais são incalculáveis. Trabalhei com especialistas renomados na minha área, aprendi técnicas novas, ampliei minha rede de contatos profissionais e pessoais, conheci lugares e pessoas que nunca pensaria em conhecer, portanto recomendo a todos que possam ter este tipo de experiência que não percam a oportunidade.” Rogério Mercês Ferreira Santos (Doutorando do PPGGBM).

 

1.2. MARS Incorporated. Esta sendo firmado um convenio entre a UESC e a ALMIRANTE CACAU, AGRÍCOLA, COMÉRCIO E EXPORTAÇÃO LTDA pertencente a empresa privada MARS Incorporated, regulamentando estagios de discentes da UESC na ALMIRANTE CACAU, com escopo de se atingir metas relativas à maximização do desenvolvimento do aprendizado disciplinado no projeto pedagógico do respectivo curso do discente, portanto de interesse curricular, notadamente, mas não somente, para a preparação para o trabalho produtivo –profissionalização– decorrente da integração do processo de ensino à aprendizagem prática, para o desenvolvimento e o aprimoramento de pesquisas científicas –pré-competitivas e / ou competitivas– e tecnológicas orientadas.

 

2. Estagios doutorais e pós-doutorais

2.1. Doutorados sanduiche (bolsas PDEE-CAPES)

- Ana Carolina Santini – 2010 – 6 meses - AgResearch (Nova Zelandia)
- Adriane Barth – 2010 – 6 meses – Alemanha

2.2. Pós-doutorados de docentes do PPGGBM

- Em 2008-2009, o Prof. Leandro Lopes Loguercio realizou um estágio no Bio-Protection Research Center (Lincoln University, Nova Zelândia) financiado pela CAPES. Ele participou de dois grandes projetos, um relacionado com esporulação de Trichoderma, e outro relacionado com a diversidade endofítica em folhas de cacaueiros sob diferentes condições ambientais.

- Em 2008, o Profa. Ioná Santos Araújo realizou um estagio na USDA (Miami, Florida, USA). Ela participou de um grande projeto intitulado “Development of an international marker assisted selection program for cacao” no qual ela participou da avaliação fenotípica de caracterísitcas de interesse agronômico, da identificação de QTLS e do mapeamento de genes de resistência á doença vassoura-de-bruxa em população F1 de cacaueiro.

Depoimento:
“Durante o estágio no exterior, desenvolvi um projeto entítulado “Mapeamento de QTLs associados á genes de resistência a doenças em cacaueiro com base em marcadores genéticos e aplicação da técnica fish visando detecção de genes de interesse” (...). Com esta oportunidade no exterior, foi possível executar a genotipagem de 288 genótipos de cacaueiro a partir de 180 pares de primers de microssatélites. (...) Salientamos que a execução desta etapa, que foi realizada no seqüenciador de DNA abi 3730, proporcionou a obtenção de dados de modo mais prático, rápido e seguro. Isto se deve ao fato de que a disponibilidade de 24 termocicladores e de 2 seqüenciadores deram maior agilidade à obtenção dos dados. (...) Esta experiência adquirida com o estágio no USDA foi altamente proveitosa pois abriu portas para que futuros estudos com a participação de outros estudantes, bem como de outros projetos, possam ser realizados sem muitos entraves.” Ioná Santos Araújo (UFERSA - Colaboradora no PPGGBM)

- Em 2011, o Prof. Ronan Xavier Corrêa estará desenvolvendo um estagio pos-doutoral na Universitat Autonoma de Barcelona (UAB, Espanha).

3. Projetos internacionais

3.1. CAPES-COFECUB Citros. Este projeto, aprovado no segundo semestre de 2010, tem como objetivo principal estabelecer uma colaboração durável entre instituições brasileiras e francesas trabalhando na área de melhoramento de Citros visando resistência a seca. O projeto tem como parceiros a Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC, Brasil), o Centre de Coopération Internationale en Recherche Agronomique pour le Développement (Cirad, França), a Embrapa Mandioca e Fruticultura Tropical (EMFT, Brasil) e o Instituto Valenciano de Investigaciones Agrarias (IVIA, Espanha). Ele é coordenado pelos Dr. Abelmon Gesteira (Embrapa/docente PPGGBM) e Dr. Raphaël Morillon (Cirad), tem vigência de 4 anos e financia missões de trabalho para pesquisadores e discentes brasileiros e franceses. Entre outros itens está previsto um financiamento de 6 meses de bolsa para Doutorado sanduiche e 40.000 reais de custeio (lado brasileiro/CAPES).

Depoimento:
“Possuo colaboração firmada com as instituições do Cirad, UESC, Embrapa e IVIA, com intercâmbios entre França, Brasil e Espanha através de um Projeto Capes-Cofecub intitulado “Identificação de fatores fisiológicos e moleculares de tolerância ao estresse hídrico em citros”. (...) Tal colaboração é extremamente inovadora na área de Citricultura e também muito promissora cientificamente e estrategicamente para as diferentes instituições e países envolvidos. É também importante ressaltar a complementaridade das estruturas de pesquisa envolvidas (...). Assim, para o desenvolvimento da temática “estresse hídrico/citros”, poderão ser desenvolvidas técnicas agronômicas e de melhoramento, análises fisiológicas e molecular de ponta (área de genômica e de proteômica).” Dr. Abelmon Gesteira (Embrapa/UESC – NP do PPGGBM).

3.2 Outros projetos aprovados

- IFS (Suecia). “Functional analysis of candidate genes for resistance of cacao to the pathogenic fungus Crinipellis perniciosa” – 2005-2008 – Coordenador: Dr. Abelmon da Silva Gesteira.
- IFS (Suecia). “Functional analysis of candidate genes for resistance of cacao to witches' broom disease: in planta evidences” – 2008-2011 – Coordenador: Dr. Abelmon da Silva Gesteira.
- USDA (USA). “Respostas fisiológicas, moleculares e agronômicas de genótipos clonais de cacau (Theobroma cacao L.) à deficiência hídrica no solo.” – 2009-2011 - Coordenador: Alex-Alan Furtado de Almeida.
- ANR (França). GeneSalb I – 2009-2013 - Coordenador: Dr. Dominique Garcia.
- Prosul – CNPq. Transcriptoma hevea – 2009-2012 - Coordenador: Dr. Dominique Garcia.
- Cirad (França)/CAPES. “Encontro França-Brasil de Bioinformatica” – 2010 - Coordenadora: Dra Fabienne Micheli.
- CNPq. “Diversidade endofítica em folhas de cacaueiros sob diferentes condições ambientais uma abordagem hologenômica (LP1)” – 2010-2012 - Coordenador: Dr. Leandro Lopes Loguercio.

 

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ
Campus Soane Nazaré de Andrade, Rodovia Jorge Amado, km 16, Bairro Salobrinho
CEP 45662-900. Ilhéus-Bahia
wmaster