Genética e Biologia Molecular

Linhas de Pesquisa



Descrição das Linhas de Pesquisa (LP)

O PPGGBM possui 6 linhas de pesquisa, divididas em duas áreas de concentração: (1) Genética e Biologia Molecular e (2) Biotecnologia e Genômica.

Área de Concentração 1: Genética e Biologia Molecular

Linha de pesquisa 1A. Citogenética e Evolução de Espécies da Mata Atlântica
Pesquisas sobre variabilidade cariotípica de espécies da flora e fauna da região sul da Bahia são desenvolvidas, utilizando marcadores citológicos e parâmetros de estrutura e morfologia cromossômica e utilizando técnicas citogenéticas clássicas e moleculares. A maior parte dos projetos inclui abelhas, moscas-das-frutas, passifloras e outras espécies animais e vegetais.

Linha de pesquisa 1B. Genética Molecular Aplicada à Conservação da Biodiversidade e ao Melhoramento Genético
As técnicas de biologia molecular são aplicadas aos estudos de genética de populações, mapeamento genético e filogenia molecular. Nos estudos sobre diversidade genética e fluxo gênico são priorizadas espécies arbóreas e animais da Mata Atlântica. No mapeamento genético é priorizado o cacau e inclui outros cultivos.

Linha de pesquisa 1C. Biologia e Fisiologia Molecular de Organismos de Clima Tropical Úmido
As pesquisas abordam os aspectos bioquímicos, fisiológicos e moleculares do desenvolvimento de plantas e animais, e suas interações com microrganismos. Os projetos sobre a cacauicultura incluem respostas bioquímicas e fisiológicas a estresses abióticos e bióticos. Quanto aos microrganismos, predominam estudos sobre a biologia molecular de fungos da mata atlântica; dentre os patógenos, salienta-se os estudos com Phytophthora spp e Moniliophthora perniciosa.

Área de Concentração 2: Biotecnologia e Genômica

Linha de pesquisa 2A. Genômica Funcional e Estrutural
Os genomas de organismos de interesse econômico, acadêmico e científico são caracterizados, visando auxiliar na elucidação de mecanismos moleculares e entender a regulação da expressão gênica em diferentes processos biológicos. A bioinformática é incluída como forte componente nas análises dos dados. Os estudos focam na interação planta-patógeno e incluem a biologia de populações de fitopatógenos, os aspectos genético-evolutivos de populações, a epidemiologia molecular e suas aplicações no manejo de doenças de planta. Os principais patossistemas estudados são Microcyclus ulei x Seringueira, Moniliophthora perniciosa x cacau, Moniliophthora roreri x cacau, e Ceratocystis cacaofunesta x cacau.

Linha de pesquisa 2B. Bioquímica e Proteômica
As pesquisas desta linha visam elucidar rotas metabólicas e mecanismos moleculares envolvidos principalmente nas interações planta-patógeno e na tolerância das plantas a estresses abióticos. Os proteomas são analisados e enzimas e proteínas específicas são caracterizadas no nível estrutural e funcional, por meio de expressão em organismos modelos e ensaios in vitro.

Linha de pesquisa 2C. Bioprospecção e Biotecnologia
As pesquisas nesta linha envolvem espécies vegetais e de microrganismos de interesse da Mata Atlântica, objetivando a (i) utilização racional, (ii) preservação, (iii) alteração controlada e (iv) otimização de suas partes funcionantes, células e moléculas, para a geração de produtos, processos e serviços diversos em saúde, agronegócio e meio ambiente. Os principais projetos desenvolvidos envolvem o escrutínio de plantas e coleções microbianas com funções úteis e efeitos benéficos em sistemas agrícolas e agroflorestais, metagenômica e prospecção de moléculas com aplicações industriais, farmacológicas e de restauração ambiental e engenheiramento da tolerância a estresses bióticos e abióticos em plantas cultivadas.

Corpo docente do programa e respectivos níveis de bolsa produtividade em pesquisa do CNPq (PQ), linhas de pesquisa principal e secundária (LP), categoria a que pertence ao corpo docente (Cat., em que NP = núcleo permanente; Col. = colaborador; Vis. = visitante), palavras-chave indicativas de sua atuação nas LP do programa, e-mail e destino dos discentes (para ver o currículo lattes de cada docente clique no nome do docente; para ver o nome e publicações dos discentes egressos clique em “Egressos”): 

Docente
PQ
LP
Cat
Palavras-chave
E-mail
2 2A NP
Estudos funcionais; Estresses Bióticos e Abióticos
2 1D NP
Cacau; Estresses Bióticos e Abióticos
  2B Col.
Enzimas; Biotecnologia; Fungos
- 2B NP
Bioquímica; Interação Planta-patógeno
- 2B Col.
Imunogenética; Imunologia Molecular
2 2D Col.
Genotoxidade; Metabolismo de Fungos
- 1B Col.
Genética Quantitativa; Resistência de Plantas
- 2A Col.
Estudos funcionais; Interação Planta-patógeno
1C 1D Col.
Cacau; Resistência a Phytophthora
- 2C Col.
Micorrizas; Fixação Biológica de Nitrogênio
2 2A NP
Genômica; Interação Planta-patógeno
- 1C NP
Farmacogenômica; Epidemiologia Molecular
  2B Col.
Interação planta-patógeno; Transgenia Vegetal
2 1B NP
Conservação; Arbóreas
- 1B Col.
Melhoramento; Cacau
- 1A NP
Evolução; Insetos
  1C Col.
Cultura de células; Câncer; Radiobiologia
- 2C Col.
Diversidade microbiana; Biotecnologia
1D 1D NP
Micologia; Biologia de Fitopatógenos
2 2A NP
Epidemiologia molecular; Interação Planta-patógeno
- 2C NP
Controle Biológico; Genética Molecular de Microrganismos
- 2D NP
Transformação Genética; Citros
2 1A NP
Citogenética; Evolução
- 1A NP
Citogenética e Reprodução de Plantas
2 2D NP
Reparo de DNA; Bioprodutos
2 2C Col.
Metagenômica
2 1B NP
Conservação; Melhoramento
- 1C Col.
Diversidade genética de populações humanas
- 1C NP
Polimorfismos humanos com relevância clínica
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ
Campus Soane Nazaré de Andrade, Rodovia Jorge Amado, km 16, Bairro Salobrinho
CEP 45662-900. Ilhéus-Bahia
wmaster