Acesse o webmail

Notícias

Tamanho da letra: A- A+

Combate ao Racismo e à Intolerância Religiosa

21/03/2013 atualizada em 21/03/2013 14:56

A Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) está integrada a Rede de Combate ao Racismo e à Intolerância Religiosa, lançada na última segunda-feira, dia 18 de março, na sede da Governadoria, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador. O projeto busca apoiar, de forma associada (poder público e sociedade), ações para fortalecer a implantação de políticas públicas efetivas para a promoção da igualdade racial e religiosa na Bahia.

O reitor em exercício da UESC, professor doutor Evandro Sena Freire, participou da solenidade de lançamento, que contou com a presença do governador Jaques Wagner, da ministra da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), Luiza Bairros, do secretário de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi), Elias Sampaio e de outras autoridades e representantes da sociedade civil.

A Rede é um conjunto de ações com o objetivo de combater a discriminação racial e a intolerância religiosa, por meio da criação de um centro de referência que vai funcionar na Avenida Sete de Setembro, no prédio da Fundação Pedro Calmon, no centro de Salvador. Esse centro será composto por representantes de 20 entidades do poder público e da sociedade civil, que vão dar orientações às vítimas do racismo. “As denúncias serão ouvidas no local e encaminhadas por esses representantes às entidades e aos órgãos que operam no combate à discriminação racial, como delegacias, Ministério Público e órgãos federais”, afirma o secretário da Sepromi, Elias Sampaio.

Dentre as ações desenvolvidas pela Rede, destacam-se o fortalecimento das organizações da sociedade civil que prestam serviços de acompanhamento e atendimento às pessoas; a integração e compartilhamento de banco de dados das organizações articuladas na Rede para recebimento de denúncias, acompanhamento de casos e divulgação de informações sobre racismo e intolerância; e estímulo à produção acadêmica e formação de agentes multiplicadores do conhecimento sobre legislação antirracista e anti-intolerância religiosa.

O Combate ao Racismo e a Intolerância Religiosa no Sul da Bahia vem sendo discutido na UESC, através dos seus Departamentos, principalmente o de Filosofia (DFCH) e o de Ciências Jurídicas (DCIJUR). São atividades fundamenteis dos Núcleos "Kàwé - Núcleo de Estudos Afro-Baianos Regionais" e "ICER - Identidade Cultural e Expressões Regionais"; além de estudos nos projetos "Coisas do Gênero: Patrimônio e Cultura", "Grupo de Pesquisa Estudos do Atlântico e da Diáspora Africana" e "Interlocução entre Comunidades Indígenas e Afro-brasileiras".




            


 
Nenhuma notícia para este mês.
 
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ
Campus Soane Nazaré de Andrade, Rodovia Jorge Amado, km 16, Bairro Salobrinho
CEP 45662-900. Ilhéus-Bahia
Núcleo Web