IV Encontro do Coletivo Paulo Freire

Eixos Temáticos

Eixo 1. Educação de Jovens e Pessoas Adultas

Analisa e discute os aspectos históricos, políticos e sociais da educação para pessoas jovens, adultas e idosas no Brasil. Os fundamentos teórico-metodológicos. As contribuições de Paulo Freire para essa modalidade. O desenvolvimento e a aprendizagem dessas pessoas. A formação inicial e continuada de professores para atuar nessa modalidade da educação. O papel das instituições educativas e das políticas públicas educacionais para a EJA. A EJA e o mundo do trabalho. A Juvenilização da EJA.

Eixo 2. Educação no Campo

Objetiva refletir sobre os processos educativos originados dos Movimentos Sociais, bem como, compreender os diferentes processos que asseguram as diversas formas de resistência, políticas públicas de educação do campo e o papel dos movimentos sociais na consolidação destas políticas. Aborda os diferentes níveis e modalidades de ensino considerando as seguintes temáticas sobre a educação do campo: formação inicial e continuada de professores, relação teoria e prática, currículo, avaliação, gestão educacional, tempos e espaços de aprendizagem, relação escola-comunidade.

Eixo 3. Educação Infantil

Contempla as produções acadêmico-científicas voltadas para a Infância: história, concepções, (in)visibilidade, diversidade cultural, interações, cultura do brincar, inclusão, gênero e sexualidade, desenvolvimento e aprendizagem, afetividade; Formação de Professores de Educação Infantil: inicial e continuada, valorização do professor, professor reflexivo e pesquisador; Políticas e Gestão da Educação infantil: legislação e políticas públicas para a Educação Infantil, gestão democrática, condições objetivas do trabalho escolar, direitos de aprendizagem da criança; Práticas Pedagógicas na Educação Infantil: experiências docentes, planejamento e avaliação, trabalho pedagógico em creches e pré-escola.

Eixo 4. Alfabetização e Letramento

Discutir o processo de alfabetização e letramento: Conceitos e concepções teóricas de aquisição e desenvolvimento da linguagem escrita. Práticas lingüístico-discursivas e formação do leitor e do escritor. Práticas de Alfabetização e letramento. Analisar os níveis de escrita. Estudar o processo de avaliação na alfabetização e discutir estratégias de organização do ensino e do espaço escolar. Avaliar a elaboração e execução de propostas específicas para alfabetização e construção de recursos didáticos alfabetizadores.

Eixo 5. Educação e Diversidade

Propõe discutir as políticas públicas educacionais que garantem a inclusão escolar e social dos alunos Público-Alvo da Educação Especial, numa perspectiva do ensino colaborativo, através da parceria de professores da sala comum e do Atendimento Educacional Especializado – AEE. As adaptações curriculares, estruturais e o projeto pedagógico da escola na perspectiva da inclusão. Práticas educativas inclusivas. Bem como analisar e discutir a formação e práticas de ensino de professores/es que atuam na educação básica e superior sob múltiplas vertentes: diferenças de gênero, geração, etnias, classes sociais e necessidades especiais.

Eixo 6. Formação de Professores e Profissão docente

Propõe debater os princípios e práticas da formação docente na perspectiva da pedagogia freireana, com o objetivo de discutir a permanente formação do educador que busca a emancipação por meio da práxis transformadora: liberdade, consciência, diálogos, saberes e vivências. Além de: tratar dos pressupostos teóricos e práticos da Didática e os saberes necessários à docência na Educação Básica e Superior; Construção da identidade docente; Carreira docente; Profissionalização docente; Condições de Trabalho docente; Valorização da Carreira docente; Resgate histórico-crítico da educação brasileira frente aos desafios da sociedade hodierna; Formação inicial de professores e a reconfiguração das relações do trabalho na escola pública; Inserção da cultura didática digital na escola pública.

Eixo 7. Educação, Movimentos Sociais, Etnias e Gênero

Investigação de processos educativos envolvendo movimentos sociais, grupos étnicos/raciais e de gênero. Elementos políticos e pedagógicos vinculados à produção das desigualdades entre grupos sociais. Experiências de resistência e promoção da identidade de grupos étnicos/raciais, de gênero e movimentos sociais. Gênero, raça/etnia nas configurações da profissão docente. A educação e construção da diversidade cultural e étnico/racial da sociedade brasileira.

Eixo 8. Intelectuais, Projetos educacionais e Práticas educativas

Debruça-se sobre a trajetória e a produção dos intelectuais que atuaram no campo da educação, vinculando-os a projetos individuais ou coletivos, que se concretizaram (ou não) a partir de propostas de intervenção no mercado editorial, nas instituições educativas e culturais, nas políticas públicas.

Eixo 9. Políticas e Instituições educativas (formais e não-formais)

História e memória das instituições educativas e suas políticas públicas. Compreendem análises acerca dos processos de criação, institucionalização, expansão e cessação das instituições educativas, a atuação dos governos, as reformas educacionais, os modelos institucionais, as modalidades de ensino, bem como as políticas educacionais em âmbito internacional, nacional, estadual e municipal.


UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ
Campus Soane Nazaré de Andrade, Rodovia Jorge Amado, km 16, Bairro Salobrinho
CEP 45662-900. Ilhéus-Bahia
wmaster